Police Supercars Racing

Police Supercars Racing

Capotes, derrapagens e choques a bordo de um carro de polícia

Police Supercars Racing é um game de corrida de carros diferente. Você dirige um carro da policia e protagoniza todo tipo de perseguições para acabar com o crime. Grátis e muito viciante. Ler descrição completa

PRÓS

  • Missões variadas
  • Perseguições policiais
  • Boa jogabilidade
  • Grátis

CONTRAS

  • Gráficos e áudio um pouco fracos

Muito bom
8

Police Supercars Racing é um game de corrida de carros diferente. Você dirige um carro da policia e protagoniza todo tipo de perseguições para acabar com o crime. Grátis e muito viciante.

Sun City é uma cidade modelo que mistura arranha-céus modernos com parques e quilômetros de avenidas, ruas e estradas. Mas nem tudo é perfeito e alguns problemas ameaçam a tranquilidade do lugar. E aí que entra você como policial do Police Supercars Racing.

Circular pelas ruas de Sun City nem sempre é um trabalho fácil. Muito menos se você for policial. Cada fase do Police Supercars Racing apresenta uma missão diferente que você deve completar antes que seja tarde demais. Só assim conseguirá desbloquear e jogar as etapas seguintes.

Com cada fase do Police Supercars Racing você ganha pontos que pode utilizar para comprar carros mais potentes. A primeira missão do game é simples: completar o circuito seguindo as setas verdes sem bater nos outros carros que encontrar nas ruas.

A diversão começa a partir da segunda fase do jogo, com estradas bloqueadas por criminosos, perseguições de bandidos e carros fantasma que provocam o terror na estrada. Derrapagens, choques, capotagens e muita velocidade esperam por você nas ruas do Police Supercars Racing.

Police Supercars Racing

Download

Police Supercars Racing

— Opinião usuários — sobre Police Supercars Racing

  • bvaheeeeeeeeeaaaaaaaaaaa

    por bvaheeeeeeeeeaaaaaaaaaaa

    "corrida"

    o jogo é bom e ajogabilidade parece boa eu to baixano ele pelo q eu vi nas fotos ele é bom eu sempre quis jogar jogo de ... Mais.

    escrito em 18 de julho de 2010